Transparncia 2021
Nossas Unidades 2021
Portarias 2021
Infraes 2021

Notícias

20/07/2021

Vacinação contra a febre aftosa tem balanço positivo em Minas

Índice de vacinação no estado alcança 97,6% de bovinos e bubalinos imunizados

Minas alcançou índice médio de 97,6% de bovinos e bubalinos vacinados contra a febre aftosa. A campanha teve início em 1º de maio e o período foi prorrogado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) para 18/06, em razão do enfrentamento da Covid-19. Mais de 350 mil produtores rurais imunizaram cerca de 24 milhões de animais nos rebanhos mineiros.

14/07/2021

Prazo para envio da declaração de conformidade do vazio sanitário da soja é prorrogado para 31/7

Manejo segue até 15 de setembro

O sojicultor mineiro tem até 31 de julho para comunicar ao Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), a situação fitossanitária de sua propriedade rural, mediante preenchimento de questionário da declaração de conformidade disponível AQUI. A medida é obrigatória, e o não cumprimento é passível de penalidades. A prorrogação é um pedido do setor produtivo diante do enfrentamento da pandemia. O vazio sanitário da soja segue até 15 de setembro em Minas.

06/07/2021

Fiscalização do IMA é destaque no Anuário da Cachaça 2021

Publicação do Mapa traz informações sobre o setor em Minas;

Microrregiões do Alto do Rio Doce e de Dores do Turvo têm recorde em estabelecimentos registrados.

Desde 2019, o Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal, da Secretaria de Defesa Agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), apresenta dados de registro de cachaças e aguardentes do país. Divulgado nesta segunda-feira (5/7), o Anuário da Cachaça 2021 traz informações sobre os estabelecimentos produtores de cachaça e de aguardente de cana, bem como números de registros e marcas associadas, além da distribuição de produtores das bebidas no Brasil. A publicação do Mapa está disponível AQUI.

01/07/2021

Vazio sanitário da soja começa em Minas

Regiões do Triângulo, Noroeste e Alto Paranaíba produzem juntas quase 70% da soja no estado. Manejo previne ocorrência da ferrugem e, durante o período, não é permitido semear ou manter planta viva

Começou nesta quinta-feira (1º/07) e vai até 15 de setembro o período do vazio sanitário da soja em todo o estado.  Durante o período de 77 dias, não é permitido semear ou manter plantas vivas da cultura nas lavouras mineiras. O objetivo é evitar a ocorrência do fungo Phakopsora pachyrhizi, causador da ferrugem asiática, principal praga que acomete a soja. O manejo impede danos à plantação e pode evitar perdas econômicas aos sojicultores. Por prevenção, o vazio sanitário é realizado antes do plantio do grão.

Arquivos


  • Portal de Compras
  • Seapa
  • Agência Minas
  • Pmpi Original