Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA

IMA aprova construção de usina de beneficiamento de leite e queijaria da UFLA

PDFImprimirE-mail

Também foi realizado, durante a 10ª Agrileite, o 2º Fórum Estadual Estratégias para Retirada da Vacinação contra a Febre Aftosa

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) aprovou, em 6 de setembro, durante a 10ª edição do Agrileite, a construção de uma usina de beneficiamento de leite e queijaria do Centro de Desenvolvimento e Transferência de Tecnologias da UFLA - Fazenda Palmital, em Ijaci-MG. O diretor-geral do IMA, Thales Fernandes entregou o documento oficial ao reitor José Roberto Scolforo, que agradeceu ao IMA reforçando a importância do projeto. “Com a viabilização da construção da usina, teremos espaços-modelo para guias de campo e laboratórios reais para nossosestudantes, além de aproveitar o leite para produção de queijos artesanais.”, disse. Os servidores do IMA na área da Inspeção, Humberto Ribeiro e Desirré Savassi, ambos da Coordenadoria do IMA em Oliveira, participaram da elaboração do documento. O diretor-técnico do IMA Bruno Rocha também marcou presença no evento.

     forumlavras7                     forumlavras6

 

forumlavras3Forúm - O 2º Fórum Estadual Estratégias para Retirada da Vacinação contra a Febre Aftosa contou com a participação de produtores rurais, representantes de diversas instituições envolvidas na cadeia produtiva do setor, médicos veterinários, pecuaristas, agroindústrias, além do comércio e prestadores de serviço. Thales Fernandes reforçou o engajamento da defesa agropecuária do estado nas ações em busca da mudança do status sanitário de Minas Gerais, de área livre de febre aftosa com vacinação, para área livre da doença sem vacinação, cumprindo, assim, determinações estabelecidas pelo Plano Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. 

 

forumlavras4
Produtores -
 Denis Lúcio Cardoso, chefe do escritório do IMA em Lavras, abrangência da Coordenaria Regional de Oliveira apresentou palestra aos produtores rurais da região explicando como é transmitida a febre aftosa e os prejuízos causados aos produtores.  “Falei sobre o plano estratégico para a retirada da vacinação contra a febre aftosa e informações necessárias sobre este plano estratégico, reforçando as razões para que o produtor continue vacinando seu rebanho”, informou Denis Lucio Cardoso, que trabalha muito no campo e ouve  diretamente as necessidades e sugestões dos produtores. “O evento teve um formato  que permitiu a interação do público presente que pôde conferir novas tecnologias e informações", observou. 

  

 

*Com informações da UFLA