Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA

Empresas promotoras eventos pecuários

PDFImprimirE-mail


                   Clique aqui para consultar as empresas promotoras de eventos pecuários registrados no IMA              
    

 

Eventos pecuários são definidos como sendo qualquer tipo de aglomeração de animais – leilões, feiras, torneios, exposições, cavalgadas, entre outros - com ou sem o intuito de comercialização que ocorram em recintos construídos especificamente para este fim ou em propriedades rurais.

Um dos vários procedimentos obrigatórios para a realização de evento pecuário em Minas Gerais é o registro da empresa promotora no IMA. O registro pode ser solicitado em qualquer um dos escritórios e a empresa deve possuir um Médico Veterinário como Responsável Técnico (RT). A fiscalização do IMA incide sobre a atuação da empresa promotora e do RT.


Documentos necessários

- Requerimento registro cadastro estabelecimentos

- Cópia do CNPJ e da inscrição estadual

- Comprovante de endereço da empresa 

- Cópia ART (Anotação de Responsabilidade Técnica) averbada no CRMV-MG;

- Certidão negativa do Médico Veterinário emitida no site do CRMV-MG

- Comprovante de pagamento da taxa referente ao serviço

- Cópia do contrato social da pessoa jurídica


Valor da taxa:
Sob consulta

Para realizar evento pecuário

Para realizar evento pecuário, a empresa promotora deve solicitar autorização no escritório do IMA que atende ao município onde ocorrerá o evento, obedecendo os seguintes prazos e documentação: 

- Requerimento para autorização de eventos pecuários com aglomeração de animais 

- Declaração do RT habilitado; 

- Termo de desinfecção do local do evento; 

- Autorização do IMA; 

- Declaração e Termo de Compromisso assinado pelo RT, indicando a numeração das GTA's cedidas pelo IMA, ou digital conforme o caso. 

- Alvará do município local para rodeio e prova de laço, onde ocorre estes eventos. 

- Check list de maus tratos.

 

 

         
        Eventos em recintos específicos para esse fim: no mínimo sete dias antes da data de início do evento        

 

         Eventos em propriedades rurais: no mínimo trinta dias antes da data de início do evento

 

         Rodeios e provas de laço: em quaisquer locais o prazo para realização é de no mínimo 30 dias