Ir para o menu| Ir para Conteúdo| Acessibilidade Alternar Contraste | Maior Constraste| Menor Contraste

Instituto Mineiro de Agropecuária - IMA

Controle da vacinação contra a Brucelose

PDFImprimirE-mail

Todo produtor rural deve procurar um dos escritórios do IMA para declarar que suas bezerras foram imunizadas contra Brucelose. A vacinação contra brucelose é obrigatória em todas as fêmeas das espécies bovinas e bubalinas (búfalos), na faixa etária de 3 a 8 meses, utilizando-se uma dose única com a vacina B19. Essa vacina poderá ser substituída pela vacina RB51, na espécie bovina. A identificação das fêmeas vacinadas entre 3 e 8 meses de idade é obrigatória, utilizando-se o ferro candente ou nitrogênio líquido, no lado esquerdo da face, seguindo a seguinte lógica: bezerras bovinas e bubalinas com idade entre 3 e 8 meses vacinadas com B19 serão identificadas com o algarismo final do ano de vacinação no lado esquerdo da face (exemplo: 7 – vacinação realizada em 2017), já as fêmeas bovinas vacinadas com RB 51 na referida faixa etária serão identificadas no lado esquerdo da face com “V”. A vacinação deve ser efetuada sob responsabilidade técnica de médicos veterinários cadastrados no IMA.

Também é obrigação do produtor rural realizar a comprovação da vacinação ao escritório do IMA, no mínimo, semestralmente, por meio da apresentação do atestado de vacinação emitido pelo médico veterinário cadastrado, contendo o número de bezerras vacinadas, a vacina utilizada e os dados da propriedade e de identificação de produtor.

Valor da taxa: Gratuito

Documentos necessários:

- Atestado de vacinação emitido por médico veterinário cadastrado no IMA.

Informações sobre a vacinação contra a Brucelose